SEO: o que é e porquê é importante para seu site - Alpina Digital Branding

19.02.2018

SEO: o que é e porquê é importante para seu site

O que faz este conjunto de otimizações ser tão importante.

Search Engine Optimization (SEO) é um termo amplamente utilizado no mundo do marketing digital. Mas o que é? Do quê se alimenta? Aonde vive? Hoje, no blog da Alpina.

O que são mecanismos de busca?

Search Engine Optimization traduz-se para Otimização de Mecanismos de Pesquisa. Portanto, para compreendermos seu conceito, precisamos antes entender o que são os mecanismos de pesquisa:

De acordo com a estimada Wikipédia:

Motor de pesquisa ou ferramenta de busca ou buscador é um programa desenhado para procurar palavras-chave fornecidas pelo utilizador em documentos e bases de dados. No contexto da internet, um motor de pesquisa permite procurar palavras-chave em documentos alojados na world wide web, como aqueles que se encontram armazenados em websites.

Em resumo, mecanismos de pesquisa são sites como o Google, que apresenta listas de resultados para as buscas dos usuários. Mas como estes mecanismos determinam a posição de cada site nas páginas de resultados? É aí que entra o SEO.

O que é SEO?

Uma estratégia de SEO consiste em um conjunto de otimizações que devem ser realizadas em um website para que o mesmo se torne mais relevante para o Google, e consequentemente conseguir um posicionamento melhor nas páginas de resultados de busca.

Através disso, os usuários interessados no seu produto/serviço encontrarão seu site com maior facilidade.

Os fatores que são levados em consideração pelo Google podem ser separados em dois grupos: (1) fatores on-page e (2) fatores off-page.

Fatores on-page:

1. Título da Página (ou title tag)

É aquilo que aparecerá como link para seu site nos resultados de busca. O ideal é que as palavras-chave mais importantes para o conteúdo que é apresentado sejam colocadas logo no início do título. Por exemplo:

title-tag-google-seo

2. Meta Tags (ou descriptions)

É o pequeno trecho de texto que aparece logo abaixo do título nos resultados de busca. Tem como objetivo apresentar o conteúdo presente nas páginas e incentivar os usuários a acessarem. No entanto, é fundamental que a descrição deve ter relação com o conteúdo em questão.

description-google-seo

3. Heading Tags (H1-H6)

De forma geral, as heading tags têm como propósito estruturar as informações de uma página de forma organizada, para entregar uma boa experiência ao usuário, além de ser importante para os mecanismos de busca.

4. Keywords (ou palavras-chave)

A seleção de palavras-chave é importante tanto para os conteúdos que são postados em uma página quanto para a URL da mesma. Elas devem estar diretamente relacionadas com o contexto de determinada página, servindo o propósito de auxiliar o rastreador do Google a identificar do que se trata o assunto.

5. URL’s Amigáveis

Conforme citado no item anterior, as URL’s (links das páginas) devem ser o mais óbvias possíveis, e devem estar estruturadas hierarquicamente.

Por exemplo, vamos levar em consideração este post no blog da Alpina, que tem o seguinte título:

“SEO: o que é e porquê é importante para seu site”

O ideal é que sua URL seja:
www.alpinaweb.com.br/blog/seo-porque-e-importante-para-seu-site

Ao invés de:
www.alpinaweb.com.br/blogpost-20180216-b

Perceba que o diretório em que o post está inserido é apresentado na primeira URL em “/blog”, e que ela está muito mais organizada que a segunda.

urls-amigaveis-google-seo

6. Atributos Alt (ou alternate text)

Atributos alt são aplicados nas imagens presentes em um site. Tratam-se de textos alternativos que são exibidos na tela quando não é possível carregar a imagem, auxiliando tanto os leitores como os mecanismos de pesquisa a entenderem o contexto da mesma.

alt-title

7. Links Internos

A otimização da linkagem interna também é importante. Este ato consiste em nada menos do que estimular os usuários que estão em seu site a permanecerem no mesmo, consumindo diferentes conteúdos. É uma prática comum em blogs, onde em cada texto existem outros relacionados que são recomendados.

Aproveitando a deixa, assim que você terminar de ler este conteúdo, você pode dar uma olhadinha nestas 5 ferramentas para avaliar o desempenho do seu site. hehehe 😉

Fatores Off-page

Os fatores off-page consistem em aspectos que não estão ligados diretamente com seu site, mas que podem ser positivos para o rankeamento do mesmo.

Um exemplo de fator off-page são os links de entrada (ou inbound links), que tratam-se de links presentes em outros domínios que redirecionam usuários para o seu. O Google leva isso em consideração na hora de determinar o posicionamento de determinada página, pois isso indica que seu site possui relevância nos assuntos em que está tratando, e está sendo recomendado por outros especialistas. Quanto maior a relevância dos sites que te trazem tráfego, melhor para você.

No entanto, é importante que os fatores off-page aconteçam de forma natural e não sejam influenciados pelo responsável do site beneficiado. Uma prática muito conhecida e repudiada pelo Google são as fazendas de links (ou link farms), que consistem em conjuntos de sites cujo o único propósito é linkar os mesmos entre si, ou direcionar todos os acessos para um único domínio. Esta prática é punida severamente pelo Google quando identificada, portanto, nada de trapacear.

Em Resumo

Todas as otimizações que visam melhorar a experiência dos usuários em um site são de grande valia para a definição de seu posicionamento nos mecanismos de busca. Desde sua velocidade de carregamento, facilidade de navegação, relevância do conteúdo, todos são diferenciais na hora de disputar por um bom posicionamento.

Entendeu o que é SEO, e o porquê ele é importante para seu site? Gostou do conteúdo? Caso tenha interesse, você encontra muitos outros como esse aqui no nosso blog.

Como estamos falando de otimização, sugiro que você dê uma conferida neste aqui, que te dá dicas infalíveis para otimizar imagens para blogs.

Baixar eBook: Mitos do Marketing Digital