7 Coisas que aprendi na Alpina

19.07.2017

7 coisas que aprendi na Alpina

A agência especialista em branding mas que também é “gente como a gente”.

O “jeito Alpina” vai muito além de processos de criação e fazer parte dessa equipe é uma mistura super equilibrada de aprendizado pessoal e profissional. Cada dia é uma loucura diferente, um novo desafio e com isso, novos aprendizados. E como todo mundo aqui morre de amores por esse lugar, chegou a hora de dividir as coisas boas que rolam por aqui.

7 coisas

1. A escalada não acaba

É assim mesmo, a gente fala e fala de chegar ao topo, mas a verdade é que mesmo quando se acredita estar próximo, é preciso continuar trabalhando, e ainda mais.

2. É preciso dizer não

Não é nada fácil, mas muito necessário.
Propostas que não fecham com nosso escopo, uma demanda urgente fora da pauta, adiantamento ou atraso de algum material. Enfim, motivos não faltam.

Mas olha só, tudo isso é só porque somos apaixonados pelo o que fazemos, e fugir do nosso processo de atividades pode impactar diretamente no resultado do nosso trabalho.

 

3. Não dá pra viver só de “comunicação online”

Sim, 2017 inovações tecnológicas e tudo mais, porém, a vida ainda é muito mais que isso.
Dentro da Alpina a gente passa a enxergar tudo interligado. Uma gestão de branding completa: design, marketing digital e arquitetura corporativa, tudo junto e misturado organizado.

4. Uma marca é muito mais que um rosto bonito

Uma marca é uma promessa.
Ela deve transmitir todas as características da empresa e toda a sua personalidade através da tipografia, símbolo e suas cores.

Marca é algo tão importante e tão sério que se você quiser mais sobre isso é só acessar esse post aqui que conta tudo sobre gestão de marca.

5. O espaço físico deve transpirar o que é sua marca

Quem conhece a Alpina de perto sabe muito bem o que é isso. Ao entrar pela porta a atmosfera dos alpes já dá boas vindas. A decoração, o perfume (sim, a gente tem nosso cheirinho próprio) e até mesmo as coisas mais simples como a senha da internet e o nome do servidor, fazem parte do universo da marca Alpina. E pode acreditar, isso faz toda a diferença. Aqui dentro somos alpinistas de corpo e alma, a todo momento. <3

6. Confiança e paixão andam lado a lado

Se apaixonar pela Alpina é algo muito fácil, aqui a gente confia um no outro e principalmente no nosso trabalho. Já dizia Manu: “Aqui as pessoas, os nossos valores e nossos ideais refletem no nosso trabalho e dentro de nós”.
É muito amor.

7. É preciso entender de pessoas

Sabe como é né: clientes são pessoas, os clientes dos nossos clientes são pessoas, aqueles que sentam do meu lado também. TODOS SOMOS PESSOAS!

Loucura e obviedade a parte, o que eu quero dizer, é que isso faz com que todo mundo aqui na Alpina se preocupe e tenha empatia pelas pessoas. Muito além de gestão de marcas, aqui existe uma gestão de pessoas, e elas são muitas.

Tati

Publicitária de formação, gerente de recorrências e redadora web nas ~horas vagas~ Apaixonada por podcasts, SEO, Star Wars, antropologia e livros distópicos.